Na calada da noite

1295448049_159046954_1-Fotos-de--Apartamento-1-e-2-dormitorios-Mood-Construtora-Cyrela-lancamento

A imagem de divulgação do empreendimento, sintomaticamente, não mostra os prédios que existem atrás dele.

Alguns dias atrás, postei aqui um texto comentando sobre uma obra que tem tirado meu sono há 2 anos. No texto, postei algumas fotos, mas nenhum video próprio. Como a rotina da obra segue a mesma, esta semana fiz uns videos pra comprovar o que digo, em plena madrugada de 2ª para 3ª feira, quando deveria reinar o mais absoluto silêncio, é isso o que tenho de aturar…

É a prova de que a construtora Cyrela desrespeita a lei, assim como aos cidadãos que vivem no entorno da obra. Caminhões chegam para descarregar em plena madrugada, seja a hora que for.

Os videos, feitos com um tablet, não possuem grande qualidade de imagem, tampouco de som, pois o barulho do caminhão é muito mais alto do que se pode ouvir aqui. Mas, servem para dar uma ideia. Vale lembrar que a obra começa antes das 7h da manhã e segue impiedosamente por todo o dia. Ai, a noite, quando se esperaria um pouco de sossego, continua o tormento.

E como se não bastasse, ainda existem outros barulhos bastante peculiares vindos de lá. Todos os dias, por volta das 4h, chega “o cara do café”. Seria cômico, se não fosse trágico, como diz o ditado. Mas o cidadão estaciona um carro em frente ao portão, desce com garrafa e bolsa térmica e passa a berrar “Ó o café! Ó o café”, até que alguém apareça pra recebê-lo. E este processo poder demorar longos 15 minutos. Agora, imagine a situação, você acordar com gritos de “Ó o café” as 4h da manhã, isso quando ele não resolve bater no portão de ferro violentamente… Um show de horrores!

Como eu disse na legenda da foto, lá em cima, sintomaticamente na propaganda do empreendimento parece que o edifício será um mar de tranquilidade, sem dezenas de outros ao redor, como é de fato. A imagem além de ser enganadora, revela a maneira da construtora agir, fazem barulho a vontade, como se não houvesse alguns milhares de seres humanos envolta. 

Rodrigo Branco 
https://www.facebook.com/rodrigo.branco.3?ref=tn_tnmn

Anúncios