Arquivo – Hush, cover de quem???

Joe South

Joe South

Nesta série irei resgatar textos antigos, publicados em meu blog no site da Kiss FM. Foram centenas de textos, em 5 anos de blog, de 2008 a 2013. Os blogs deixaram de existir na última atualização do site, há cerca de 2 meses. Irei republicar aqui, alguns dos textos que mais tiveram repercussão ou trazem informações interessantes.

*Este texto foi publicado originalmente em 19/01/2009

Hush, cover de quem???

No Rock nem tudo que parece, é. Como diz o ditado, neste mundo nada se cria, tudo se copia. No Rock’n’Roll até por uma questão de hereditariedade, muitos artistas se inspiram na obra alheia para atingir o sucesso. Há quem veja problema nisto, mas desde que seja algo sincero, honesto, não vejo problema algum, com exceções, é claro.

Quantas vezes você já ouviu na KISS FM a versão da banda suíça Gotthard para a música Hush, clássico do… Deep Purple? Na verdade, não. Conheço fãs da banda que brigariam com você caso insistisse em afirmar este “absurdo”. Mas a verdade é que o primeiro sucesso do Purple é um cover.

Sim, senhoras e senhores, Hush foi composta por Joe South, cantor, compositor, músico Folk/Country estadunidense, autor de diversos sucessos gravados por outros artistas.Além de ter gravado e tocado com gente grande como Bob Dylan, Simon & Garfunkel, Aretha Franklin e outras lendas.

É verdade que a versão do Purple foi a primeira a atingir sucesso e se tornou a definitiva. Mas Hush foi gravada originalmente pelo cantor Billy Joe Royal, em 1967, além das versões do cantor inglês Kris Ife e do grupo australiano Somebody’s Image, no mesmo ano. Em 68, ganhou uma versão em francês por Johnny Hallyday e outra pelo grupo londrino Love Affair.

Hush, com o DP, chegou ao 4º lugar das paradas nos EUA e 2º no Canadá, o que é muito para uma banda até então novata e desconhecida. A música foi incluída no primeiro disco do grupo, Shades Of Deep Purple, lançado em 1968, ainda na era do vocalista Rod Evans, que gravou os três primeiros álbuns do grupo. Aliás, Evans é uma figura que merece um texto a parte!

shades-l

Também é fato que nesta época era quase obrigatório que as bandas incluíssem covers em seus discos, por imposição das gravadoras, para alavancar as vendas. De certa forma esta estratégia nos rendeu belíssimas versões, que talvez não tivessem existido sem tal exigência. Este artifício é muito comum, existe desde que o Rock é Rock (até antes dele), e continua existindo, ainda que com menos força. Além de Hush, o álbum de estréia do DP ainda traz uma versão de Hey Joe, originalmente gravada por… Hum, deixa esta para outra hora, porque a história é loooonga…

Outros grupos pouco conhecidos também fizeram suas versões, antes do Gotthard, que gravou em seu álbum de estréia, em 1992. E depois deles, a banda NeoHippieFolkPopIndian inglesa, Kula Shaker, também gravou, como single, em 97. Mais uma banda que vale a pena conhecer.

Abaixo, o pai da criança, Sr. Joe South (*que infelizmente faleceu no ano passado, aos 72 anos, vítimas de uma ataque cardíaco).

A primeira versão gravada

Rodrigo Branco
https://www.facebook.com/rodrigo.branco.3

Anúncios