John Lennon, Imagine. A primeira homenagem do dia

mosaico_imagine

São 4h34 deste dia 8 de dezembro de 2013, há 33 anos uma mente doentia calava uma das mentes mais geniais da história. John Lennon era assassinado anos 40 anos, no ápice de sua maturidade intelectual, muito além dos Beatles.

Foi morto porque ousou ser transgressor, além dos limites toleráveis pelos padrões médios da sociedade hipócrita conservadora. John Lennon desafiou todos os poderes estabelecidos, o governo, a igreja, a moral e os bons costumes, ele celebrou o HOMEM acima de tudo, o SER HUMANO livre, que pensa, age, não se conforma.

Quando criança, eu odiava Imagine. Porque era a música da “perua de doces do sábado a tarde”, aquilo me soava cafona quando me tornei adolescente, tocava em novela, em qualquer programa brega, nas rádios populares, era balada romântica nas FMs. Aquilo me parecia a antítese do Rock’n’Roll! De fato, eu não entendia…

Até que… eu comecei a pensar. E fui procurar saber o que dizia a letra, e passei a entender um pouco, depois um pouco pais, e mais, e além…

Hoje, afirmo, sem medo de soar ridículo, que Imagine é a expressão máximo do ideal Rock’n’Roll. É contestadora, libertária, anarquista, é tudo, sem sequer um único acorde de guitarra! Salve John Gênio!!!

Bob Dylan, é meu grande ídolo. Dia desses ainda repeti aqui, que Like a Rolling Stone é a maior música da história. Mas, se Dylan mostrou aos Beatles as drogas, além da experimentação física, da consciência, sua influência foi tamanha em Lennon, que John superou o mestre! Imagine, é simplesmente um hino para a humanidade. Se um dia John Lennon ousou dizer que os Beatles eram mais famosos que Jesus, Imagine, é um código mais importante para a humanidade que a bíblia.

Ouça Imagine, entenda sua mensagem, pratique sua verdade, e serás livre! E o mundo então será um só…

Imagine não haver o paraíso
É fácil se você tentar
Nenhum Inferno abaixo de nós
Acima de nós, só o céu

Imagine todas as pessoas
Vivendo o presente

Imagine que não houvesse nenhum país
Não é difícil imaginar
Nenhum motivo para matar ou morrer
E nem religião, também

Imagine todas as pessoas
Vivendo a vida em paz

Você pode dizer que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Espero que um dia você junte-se a nós
E o mundo será como um só

Imagine que não há posses
Eu me pergunto se você consegue
Sem a necessidade de ganância ou fome
Uma irmandade dos homens

Imagine todas as pessoas
Partilhando todo o mundo

Você pode dizer que eu sou um sonhador
Mas eu não sou o único
Espero que um dia você junte-se a nós
E o mundo viverá como um só

Obrigado John, nós te amamos! ♥

Rodrigo Branco

Anúncios